Exposição na biblioteca do Senado

Tereza Longo Job - Bibliotecária do Campus de Cáceres
Domingo, 15 de janeiro de 2017 às 10:10:28
Exposição na biblioteca do Senado

O presidente do Senado, José Sarney, inaugurou nesta quarta-feira (7) a exposição “Obrigado, Brasília”, na Biblioteca do Senado. A exposição apresenta o histórico do Projeto Casa do Saber, em homenagem ao Dia do Bibliotecário, comemorado no dia 12 de março.

O Projeto Casa do Saber, promovido pela Rede Gasol de postos de combustíveis, busca revitalizar ou criar bibliotecas em regiões carentes do Distrito Federal. Os livros, obtidos por meio de doações, são selecionados e organizados por bibliotecários voluntários, para depois serem entregues às bibliotecas beneficiadas.

A exposição traz fotos de alunos das escolas que receberam doações, além de fotografias antigas e marcadores de páginas que foram entregues junto com os livros. Há, também, uma série de documentos assinados pelo ex-presidente da República Getúlio Vargas. A mostra fica na biblioteca até o próximo dia 30.

Casa do Saber

A coordenadora-geral do Projeto Casa do Saber, Carmen Gramacho, disse que é uma honra trazer a exposição à biblioteca Acadêmico Luiz Viana Filho e agradeceu os bibliotecários do Senado que ajudam na organização e na seleção dos livros do projeto.

Ela contou que o Projeto Casa do Saber começou em 2007, de forma despretensiosa, mas em apenas 30 dias os postos da Rede Gasol teriam arrecadado mais de 200 mil livros. Com a ajuda de bibliotecários, os livros foram organizados e doados a escolas públicas, presídios, centros comunitários e unidades de ressocialização.

Segundo a coordenadora, em quatro anos, o projeto já arrecadou cerca de 3 milhões de livros, que ajudaram a montar 100 bibliotecas. Ela disse que a exposição é uma forma de agradecer a todas as pessoas que colaboraram com o projeto. Parte dos livros arrecadados foi doada a bibliotecas da região serrana do Rio de Janeiro, à cidade de Cascavel (PR) e a uma comunidade agrária da Vila São Luiz, no município de Davinópolis (MA). Carmen Gramacho também disse que doações já foram feitas até a outros países, como Angola e Timor Leste.

A diretora da Biblioteca do Senado, Simone Bastos Vieira, agradeceu o empenho de todos os envolvidos na montagem da exposição. Ela agradeceu o apoio da Rede Gasol e destacou o papel dos bibliotecários no projeto. Na visão de Simone, o livro só faz sentido se chegar à mão de quem precisa.

– O livro leva o saber e representa a cidadania – afirmou.

Tércio Ribas Torres